Poema: Avós

Poema dedicado aos Idosos/Avós

Hoje é o dia do idoso
Não posso deixar passar
Sem pedir a todos os jovens
Para os seus velhinhos respeitarem.
*********
Chegar à terceira idade
Não é chegar ao fim da vida
É sentir a felicidade
Doutra etapa vencida. 
*********
Aceita bem a velhice
Acolhe-a com ternura
É uma grande doidice
Cavar cedo a sepultura.
*********
Não te consideres inútil
Ao chegar à terceira idade
Afasta essa ideia fútil!
 *********
Cá recebemos conselhos
E somos todos iguais
Certos de que com os mais velhos
Aprendemos muito mais!
*********
Por isso lê, conversa, anda
Não dês largas à solidão
E não entres em demanda
Com o teu próprio coração.
 *********
Eu sei que a mocidade
Vivida à vossa maneira
Deixa sempre uma saudade
E marca a vida inteira.
 *********
Sabes que rugas no rosto
É sinal de longa vida?
Mas também marcas
De muita sabedoria!…
*********
 Aceita o meu conselho!
Sê feliz, eu também sou!
É tão bom ser velho
Ser avó ou ser avô.
 *********
Por isso lê, conversa, anda
Não dês largas à solidão
E não entres em demanda
Com o teu próprio coração.

 *********

Eu sei que a mocidade
Vivida à vossa maneira
Deixa sempre uma saudade
E marca a vida inteira.

 *********

Sabes que rugas no rosto
É sinal de longa vida?
Mas também marcas
De muita sabedoria!…

 *********

Aceita o meu conselho!
Sê feliz, eu também sou!
É tão bom ser velho
Ser avó ou ser avô.

 *********

 Viva os idosos!

Viva os avós!

Alunos do 1º e 4ºano, da Escola de Quinta Nova

%d bloggers like this: